Onze Motorsports conquista o nono pódio na temporada de estréia no Brasileiro de Marcas.  
 

 
 

 
 

 
 

Fotos: Eduardo Petroni

 
 

Marca foi atingida em Curitiba, após os dois pódios de Guilherme Salas. Nonô pontua bem e se aproxima dos líderes do campeonato.

 
  O saldo da sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas, realizada em Curitiba (PR), foi muito positivo para a Onze Motorsports. A equipe pontuou bem com os dois pilotos e conquistou dois pódios com Guilherme Salas.

A corrida deste domingo teve Salas largando da sétima posição no grid e avançando para a quarta colocação ainda na primeira volta. Durante a prova as disputas foram intensas, o piloto chegou a cair para sexto, mas recuperou-se e terminou em terceiro, com diferença de poucos décimos de segundo para Gustavo Martins, que completou em segundo. Nonô Figueiredo partiu da segunda posição e, mesmo carregando um lastro de 60 quilos por ocupar a terceira posição na tabela de pontos, manteve-se competitivo e terminou em quarto lugar.

Salas, que havia já completado a corrida de sábado no pódio, em segundo, levou a equipe ao nono pódio em 14 corridas disputadas. Foram quatro vitórias (três de Salas e uma de Nonô), quatro segundos lugares (três de Nonô e um de Salas) e um terceiro (Salas), resultados que colocam o recém-criado time paulista na segunda colocação na competição de equipes.

"Estou muito satisfeito com nossos profissionais e com o que têm feito nesse primeiro ano da equipe. A categoria é muito competitiva e ocupar a segunda colocação no ano de estreia é algo que devemos comemorar", afirmou Nonô, que acumula as funções de piloto e dono da equipe. Sobre a etapa, Nonô também destaca a alta competitividade e as intensas disputas na pista: "Foi mais uma etapa muito boa para nosso time. As corridas foram ótimas, com muitas disputas e trocas de posições. Todos estão de parabéns, Gustavo Martins, Fábio Carbone, Thiago Marques, Rodrigo Baptista, Guilherme Salas, Vitor Meira. Fizemos um grande espetáculo para o público, que é a proposta da categoria".

Na tabela de pontos, Martins é quem ocupa agora a segunda colocação, com Nonô apenas um ponto atrás. Meira continua líder. Logo atrás vêm Vicente Orige, Thiago Marques e Salas, que subiu da oitava para a sexta colocação.

"Foram corridas bem difíceis neste final de semana", afirmou Salas. "Eu tinha um bom carro, mas havia muito equilíbrio entre os competidores. Fiz corridas pensando no campeonato, não arrisquei muito, e consegui bons pontos. Agora vamos para a etapa final com mais lastro, mas confiantes em atingir nosso objetivo este ano, que é de terminar o campeonato entre os cinco primeiros".

Veja o resultado da 14ª prova do ano:

1) 45 - Fábio Carbone (Full Time Sports - Renault Fluence) - 18 voltas em 00:26:21.30
2) 0 - Gustavo Martins (JLM Sport - Honda Civic), a 11.405s
3) 12 - Guilherme Salas (Onze Motorsports - Chevrolet Cruze), a 11.568s
4) 11 - Nonô Figueiredo (Onze Motorsports - Chevrolet Cruze), a 12.625s

5) 17 - Daniel Kaefer (RZ Motorsport Toyota - Toyota Corolla), a 13.231s
6) 3 - Vitor Meira (JLM Racing - Honda Civic), a 13.695s
7) 43 - Vicente Orige (JLM Racing - Honda Civic), a 14.396s
8) 99 - Cesar Bonilha (Jupiter Racing Team - Ford Focus), a 18.545s
9) 199 - Marcelo Rocha (Jupiter Racing Team - Ford Focus), a 33.255s
10) 1 - Thiago Marques (RZ Motorsport Toyota - Toyota Corolla), a 36.719s
11) 31 - Willian Starostik (Toyota Bassani Racing - Toyota Corolla), a 40.739s
12) 999 - Edson Coelho Jr (KFF Pro Racing - Chevrolet Cruze), a 43.774s
13) 9 - Rodrigo Baptista (Toyota Bassani Racing - Toyota Corolla), a 2 voltas
14) 111 - Rubens Barrichello (Full Time Sports - Renault Fluence), a 4 voltas
15) 888 - A.Navarro/B.Monteiro (KFF Pro Racing - Chevrolet Cruze), a 11 voltas
16) 83 - Gabriel Casagrande (C2 Team - Renault Fluence), a 18 voltas
17) 7 - Beto Cavaleiro/Osman Didi (C2 Team - Renault Fluence), a 18 voltas
18) 57 - Felipe Tozzo (JLM Sport - Honda Civic), desclassificado

A classificação (extra-oficial) do campeonato fica assim:

1) Vitor Meira - 190 pontos
2) Gustavo Martins - 163
3) Nonô Figueiredo - 162
4) Vicente Orige - 161
5) Thiago Marques - 148
6) Guilherme Salas - 139
7) Gabriel Casagrande - 136
8) Cesar Bonilha - 134
9) Daniel Kaefer - 127
10) Rodrigo Baptista - 105