Onze Motorsports encerra temporada de estréia com o vice-campeonato do Brasileiro de Marcas.  
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

Fotos: Eduardo Petroni

 
 

Os dois pilotos da equipe terminam entre os quatro melhores. Guilherme Salas ficou com o terceiro lugar e Nonô Figueiredo finalizou o ano em quarto.

 
  O Campeonato Brasileiro de Marcas 2015 chegou ao fim, e a equipe Onze Motorsports tem muito a comemorar. Criada no final de 2014, estreou no Campeonato Brasileiro de Marcas após 4 meses de trabalho de estruturação física da sede e reconstrução dos dois Chevrolet Cruze, modelo escolhido pela equipe para iniciar os trabalhos na categoria.

A equipe encerrou o ano neste final de semana, com a realização da oitava e última etapa da temporada, em Interlagos (SP). Guilherme Salas conquistou, na prova de sábado, o 10º pódio da equipe no ano, e mostrando evolução também como piloto, terminou o campeonato na terceira colocação.

Salas superou Nonô Figueiredo, proprietário da equipe e também piloto, que era o terceiro na classificação, mas teve um acidente e uma penalização na prova de domingo e finalizou a prova em 11º, concluindo o campeonato na quarta colocação.

Foi uma prova difícil, na largada acelerei antes da hora e fui punido, o que comprometeu toda a minha corrida. Mas isso não pode ofuscar o excelente trabalho da equipe durante o ano, até porque acabamos em segundo lugar na classificação por equipes, o Salas terminou em terceiro e eu acabei na quarta colocação. Ter os dois carros entre os quatro primeiros é bastante positivo para o primeiro ano de trabalho. Agora é focar em 2016 e vir para a categoria ainda mais forte”, afirmou Figueiredo, que foi o vencedor de uma das provas do ano e conquistou outros três segundos lugares.

Salas, que venceu três vezes no ano e foi mais três vezes ao pódio (um segundo e dois terceiros lugares), reforça as palavras de Nonô: “O ano foi muito bom. Teve alguns altos e baixos para mim, fiquei fora de uma etapa após um forte acidente em um dos treinos, mas mesmo perdendo duas corridas terminei o campeonato em terceiro. Isso mostra a qualidade da equipe, que é muito dedicada e competente”.

Os resultados também garantiram a conquista do vice-campeonato por equipes para a Onze Motorsports, que finalizou sua temporada de estreia com 378 pontos. A equipe campeã foi a JLM Racing, que conquistou 414 pontos. A RZ Motorsport Toyota ficou com a terceira posição, com 337.

Os dez primeiros na classificação final por pilotos:
1) Vitor Meira - 226 pontos
2) Gustavo Martins - 199
3) Guilherme Salas - 190
4) Nonô Figueiredo – 188
5) Vicente Orige - 188
6) Gabriel Casagrande - 186
7) Thiago Marques - 172
8) Daniel Kaefer - 166
9) Rubens Barrichello - 154
10) Cesar Bonilha - 133

Classificação final por equipes:

1) JLM Racing (Honda Civic) - 414 pontos
2) Onze Motorsports (Chevrolet Cruze) – 378
3) RZ Motorsports (Toyota Corolla) – 337
4) JLM Sport (Honda Civic) – 301
5) Full Time Sports (Renault Fluence) – 298
6) C2 Team (Renault Fluence) - 251
7) Júpiter Racing Team (Ford Focus) - 195
8) Toyota Bassani Racing (Toyota Corolla) - 187
9) KFF Pro Racing (Chevrolet Cruze) - 59
10) Amir Nasr Racing (Ford Focus) - 42
11) AGB Preparações (Chevrolet Cruze) - 39